segunda-feira, 4 de julho de 2011

Un mar de fueguitos



"- El mundo es eso - reveló. Un montón de gente, un mar de fueguitos. Cada persona brilla con luz própria entre todas las demás. No hay dos fuegos iguales. Hay fuegos grandes y fuegos chicos y fuegos de todos los colores. Hay gente de fuego sereno, que ni se entera del viento, y gente de fuego loco, que llena el aire de chispas. Algunos fuegos, fuegos bobos, no alumbran ni queman; pero otros arden la vida con tantas ganas que no se pueden mirarlos sin parpadear, y quien se acerca, se enciende" (Eduardo Galeano¹ em entrevista para o Canal Brasil)


¹Eduardo Galeano (Montevidéu, 3 de setembro de 1940) é um jornalista e escritor uruguaio. É autor de mais de quarenta livros, que já foram traduzidos em diversos idiomas. Suas obras transcendem gêneros ortodoxos, combinando ficção, jornalismo, análise política e História. Autor de "As Veias Abertas da América Latina".

3 comentários:

  1. Não o conhecia mas agora eu quero.

    ResponderExcluir
  2. Não sei se me apeteço por Eduardo, por suas palavras, ou pela sua compaixão de compartilhar conosco, Bai, esse vídeo tão lindo, tão teu. Te vi em muitos momentos no vídeo, como me vi também ( acho que amizade tem essas coisas misteriosas de dois se ver em um, de vários se verem em vários e todas essas trocas de essências). Me encanta muchíssimo eso todo. Me encanta usted.

    ResponderExcluir
  3. Tão bonita essa entrevista que não é bem uma entrevista... A sinceridade e mesmo certa simplicidade que ele tem ao falar...

    ResponderExcluir